Cintilografia da Tireoide

>> Principais Indicações Clínicas

  • Hipertireoidismo (diferenciação de quadro de tireotoxicose);
  • Nódulos tireoidianos (suspeita de nódulo hiperfuncionante);
  • Glândula tireoide ectópica ou investigação de massa suspeita de tecido tireoidiano;
  • Para cálculo da dose para terapia com 131I-iodeto;
  • Pacientes com nódulos tireoideanos com citologia indeterminada.

>> Contra Indicações

  • Exame não é recomendado para pacientes grávidas ou com suspeita de gravidez;
  • Pacientes que estiverem amamentando, recomendamos interrupção temporária da amamentação por 24 horas quando se utiliza 99mTc-pertecnetato e permanente quando se utiliza 131I-iodeto.

>> Principais Efeitos Colaterais

  • Os efeitos colaterais são extremamente raros e quando ocorrem são de leve intensidade. Alguns efeitos descritos na literatura com o uso de 99mTc-Pertecnetato são: náuseas, vômitos, rash cutâneo, prurido, urticária, cefaléia, dor torácica, vertigens e hipertensão.
  • Alguns efeitos descritos na literatura com o uso de 123I-iodeto e 131I-iodeto: náuseas, vômitos, rash cutâneo, prurido, urticária, dor torácica, reação respiratória, taquicardia, sincope e cefaléia. Pacientes com antecedente de reação alérgica ao iodo (ex.: contraste iodado) podem realizar o exame, pois a quantidade de iodeto é mínima e semelhante ao existente no sal de cozinha.

>> Como Solicitar

> Cintilografia de tiroide e/ou captação (Tecnécio – 99mTc) – Código TUSS: 40.70.303-7 / Código SUS: 02.08.03.002-6
> Cintilografia de tiroide e/ou captação (Iodo – 131) – Código TUSS: 40.70.302-9 / Código SUS: —–
> Cintilografia de tiroide e/ou captação (Iodo – 123) – Código TUSS: 40.70.301-0 / Código SUS: ——

>> Radiofármaco Utilizado

  • 99mTc-Pertecnetato de sódio
  • 131Iodo ou 123Iodo
  • Embora o 123I-Iodeto de Sódio seja o elemento ideal para a cintilografia de tireoide, devido às suas características físicas e o seu comportamento biológico (ser organificado), o 99mTc Pertecnetato de sódio tem sido largamente utilizado em nosso meio. O 131I-Iodeto de Sódio, por outro lado, tem sido utilizado cada vez menos para esta finalidade.
  • São descritos comportamentos diferentes entre o radioiodo e o 99mTc-Pertecnetato de sódio. Essa diferença é descrita, raramente, em nódulos tireoideanos malignos, onde o padrão é de nódulo “frio” ao radioiodo e “morno” ou “quente”, ao Pertecnetato.

Administração Organificação Jejum Qualidade de imagem Intervalo entre a dose e a aquisição de imagem
> 99mTc EV NÃO NÃO Melhor 20 min
> 123Iodo ORAL SIM SIM Melhor 4 a 6h e 24h
> 131Iodo ORAL SIM SIM Pior 4 e 24h

>> Preparo

  • Se o exame for realizado com 99mTc-Pertecnetato não é necessário jejum; se for realizado com Iodo, o jejum mínimo deve ser de 6 horas;
  • Dieta pobre em iodo por duas semanas;
  • Interrupção de drogas anti-tireoidianas: Tapazol por dois dias e PTU por 2 a 3 semanas;
  • Interrupção da levotiroxina por 30 dias;
  • Interrupção ou substituição da amiodarona pelo período mínimo de 90 dias;
  • Suspensão de corticóide por 10 dias;
  • Evitar contato de produtos iodados na pele e mucosas, medicamentos que contenham iodo e não realizar radiografias com contraste iodado e exame ginecológico (Teste de Schiller) por 60 a 90 dias antes do procedimento;
  • Evitar banho de mar.

>> Descrição do Procedimento

  • O paciente será recebido pelo setor Recepção, onde deverá providenciar os documentos previamente relacionados para criação ou atualização da ficha cadastral, bem como ler e assinar o termo de consentimento livre e esclarecido para a realização do exame.
  • O paciente receberá um crachá de identificação e será encaminhado ao setor técnico para início do procedimento com uma entrevista para coleta de dados clínicos, verificação de preparo e orientações.
  • Quando se utiliza o 99mTc-Pertecnetato de sódio, a via de administração é endovenosa. O paciente será orientado a aguardar 20 minutos para a aquisição das imagens. Em seguida, o paciente será encaminhado à sala de exames, onde permanecerá deitado na maca do aparelho por aproximadamente 15 minutos. Imagens da região cervical serão adquiridas em diferentes posições.
  • Imagens da região cervical serão adquiridas em diferentes posições.

Quando se utilizada o 131Iodo ou 123Iodo, a administração da dose é por via oral e as captações são obtidas entre 2 e 6 horas e imagens até 24 horas.

>> Considerações Finais

  • Alguns estudos tem mostrado a utilização de radiofármacos, tais como 99mTc-Sestamibi e 18F-FDG na diferenciação de nódulo tiroideano (suspeita de malignidade). Embora descritos na literatura, apresentam utilização limitada na prática clínica.
  • Alguns testes funcionais da glândula tireoide, sob estímulo farmacológico, podem ser utilizados na prática clínica. Embora hoje sejam pouco usados, destacamos os testes de supressão para investigação de tecido autônomo, seja na Doença de Graves subclínica ou na investigação de nódulos autônomos. Este teste foi originalmente descrito com a administração de triiodotironina de 7 a 10 dias antes da administração de radioiodo, entretanto, o uso alternativo de levotiroxina por 10 dias antes da administração de 99mTc-Pertecnetato também pode ser utilizado.

Dr. Nilton Massaki Hanaoka
CRM 73.805
Médico Nuclear

<< Voltar